JRM - Bancada do PMDB vota contra o projeto que aumenta o IPTU

» O Jornal Rota do Mar | » Assine Rota do Mar | » Fale conosco | » No Facebook | » No Twitter

Geral

Bancada do PMDB vota contra o projeto que aumenta o IPTU

COMPARTILHE ISSO:

Na sessão da Câmara de Vereadores da segunda-feira (04/12), com quatro votos contrários da bancada do PMDB foi aprovado por maioria simples o projeto de lei 098/2017, que visava à reavaliação da Planta Genérica do município, o que resultará no aumento do IPTU. Votaram a favor do reajuste os vereadores do PDT, Marcos Bolzan, Belinha, Beto Gueiê e Valério dos Anjos. Votaram contra o reajuste, a bancada do PMDB, vereadores Ed Moraes, Roger Caputi, Charlom Muller e Lucas de Azevedo. O vereador do PSDB e Presidente da Câmara, Martim Tressoldi desempatou a votação, votando a favor do aumento do IPTU. A Bancada do PMDB, antes da votação, encaminhou um requerimento solicitando uma reunião com os técnicos da empresa que elaboraram os valores da Planta Genérica, reforçando os reiterados pedidos feitos anteriormente por parte da bancada. Uma reunião técnica antes da votação seria esclarecedora quanto às discrepâncias dos valores venais dos imóveis, que servirão como base de cálculo do IPTU. Alguns casos chegam a apresentar valores superiores aos praticados no mercado imobiliário. O pedido foi negado na Comissão de Orçamento, Educação e Serviços Municipais. No entendimento dos vereadores do PMDB, Ed Moraes, Roger Caputi, Charlon Muller e Lucas Azevedo, o projeto precisava passar por um debate ainda mais profundo. A bancada destacou que a votação do projeto ocorreu sem a devida divulgação para a população da data em que o mesmo seria votado. Na mesma sessão, o vereador Charlon Muller ingressou com Pedido de Informação ao Executivo Municipal, solicitando a cópia integral da sindicância que apurou as irregularidades no processo de recebimento do IPTU de Osório, detectado no início deste ano pelo órgão fazendário. Fonte: Pietro Marques e Gilson Davoglio

 

Comentários

Comentar esta notícia Comentar esta notícia