» O Jornal Rota do Mar | » Assine Rota do Mar | » Fale conosco | » No Facebook | » No Twitter

Social

Câmara realiza Sessão Solene pelos 160 anos de Osório

COMPARTILHE ISSO:

A Câmara Municipal de Osório realizou, na noite da segunda-feira, dia 11, sessão solene alusiva aos 160 anos de emancipação do município, que serão completados no próximo dia 16 de dezembro. Na solenidade, proposta pelo Vereador Valério dos Anjos, com aprovação unânime dos vereadores, o Legislativo prestou homenagem com entrega de placa comemorativa ao Prefeito Municipal Eduardo Abrahão. O presidente da Câmara, vereador Martim Tressoldi (PSDB), destacou a importância destes 160 anos de história, parabenizando todos os munícipes e emocionado relatou: “Percebemos o valor da nossa terra quando saímos daqui e, com orgulho, dizemos que nossa cidade é Osório”. Na oportunidade de sua manifestação, o prefeito Eduardo Abrahão colocou que Osório é uma cidade diferenciada por sua cultura, seu povo e seu passado que contribuíram para que chegássemos ao patamar de toda estrutura que a cidade pode usufruir nos dias de hoje. Se pronunciaram também, em nome das bancadas que compõem o Legislativo, o proponente da homenagem vereador Valério dos Anjos (PDT) e o vereador Ed Moraes (PMDB). Em suas manifestações, os parlamentares enalteceram o amor pela cidade e o comprometimento do Legislativo no desenvolvimento do município. Também estiveram presentes na cerimônia: o vice-prefeito Eduardo Renda; comandante da Brigada Militar no Litoral Norte, Coronel Ricardo Fraga Cardoso; a primeira-dama do município, Soraia Abrahão; os vereadores Marcos Bolzan, Charlon Muller, Belinha, Lucas Azevedo, Beto Gueiê e Roger Caputi; o compositor da música do hino de Osório, Loreno Santos; o compositor da letra do hino de Osório, Osvaldo Aguiar; o ex-vereador Professor Juraci Pasquoto, além de secretários municipais, subprefeitos, imprensa e comunidade que vieram prestigiar a comemoração do aniversário de Osório. Um pouco de Osório: Em 16 de dezembro de 1857, o município de Conceição do Arroio emancipou-se de Santo Antônio da Patrulha, levando consigo uma vasta área, de Palmares do Sul a Torres. Em 1934, a cidade passa a chamar-se Osório, por ordem do interventor federal Flores da Cunha, como forma de homenagear marechal Manoel Luiz Osório, patrono da cavalaria nacional, aqui nascido. Cidade plana, de belas paisagens e de gente acolhedora, atrai diversas pessoas para aqui viver e desfrutar de uma maravilhosa estrutura e natureza. Fonte: Gisele Cardoso

 

Comentários

Comentar esta notícia Comentar esta notícia