JRM - Agências FGTAS/Sine realizam Empregar/RS Mulher

» O Jornal Rota do Mar | » Assine Rota do Mar | » Fale conosco | » No Facebook | » No Twitter

Geral

Agências FGTAS/Sine realizam Empregar/RS Mulher

COMPARTILHE ISSO:

As 128 Agências FGTAS/Sine realizam o Empregar/RS Mulher na sexta-feira, 16 de março, em 125 municípios gaúchos. Na data, haverá guichês de atendimento preferencial para as mulheres nas áreas de intermediação de mão de obra, encaminhamento de seguro-desemprego e de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Os endereços e horários de funcionamento das unidades estão disponíveis no site da FGTAS: http://www.fgtas.rs.gov.br/agencias-fgtas-sine.De acordo com o diretor-presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), Gilberto Baldasso, o foco do evento é o acolhimento da mulher gaúcha. “Queremos aproximar ainda mais os serviços oferecidos pelas FGTAS das mulheres gaúchas, de modo a prestar um atendimento qualificado e com atenção especial às trabalhadoras, além de fornecer orientações sobre direitos e serviços especializados em parceria com gestoras municipais”. A iniciativa integra as atividades promovidas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH) no mês da mulher. A programação envolve a exposição “Não Abafa o Caso”, no saguão do Hospital Fêmina em Porto Alegre; a doação de veículos para o fortalecimento dos serviços da Rede de Atendimento às Mulheres; a inauguração de uma Sala Lilás em Santa Rosa e o lançamento de uma cartilha para vítimas de violência, entre outras atividades. Dados das Agências FGTAS/Sine-Ao todo, 97.696 mulheres foram cadastradas no sistema Mais Emprego ao buscarem atendimento nas áreas de intermediação de mão de obra e de encaminhamento de seguro-desemprego nas Agências FGTAS/Sine em 2017. No período, foram colocadas 13.172 mulheres no mercado de trabalho. As cinco ocupações mais frequentes foram empregada doméstica faxineira, alimentadora de linha de produção, faxineira, operadora de caixa e atendente de lojas e mercados. Fonte: Jaíne Martins/Assessoria de Comunicação Social (FGTAS)

 

Comentários

Comentar esta notícia Comentar esta notícia